Notcias




 

terras brasileiras tm valorizao de at 687% em 3 anos

publicada em 08-06-2010


O potencial de valorização das commodities agrícolas nos próximos anos tem levado a uma crescente procura por terras brasileiras, o que se refletiu no aumento do preço dos ativos dessas propriedades. Algumas regiões do Brasil, como o estado do Amapá, tiveram uma valorização de até 687,4%, e em Mato Grosso esse valor chegou a 636,2%.

Segundo análises feitas por organismos internacionais, como a FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), consultorias e bancos, essa maior busca por terras agricultáveis é consequência do crescimento da população mundial prevista para as próximas décadas. Também a entrada de países populosos como a China e a Índia no mercado consumidor internacional alavancam a necessidade de uma maior produção de alimentos para os próximos anos.

Pela grande quantidade de terras que possui, o Brasil é uma das grandes apostas do mercado para atender a essa demanda. Por esse motivo, o momento é de forte recuperação dos investimentos em terras após uma procura arrefecida pela crise de 2008/2009, segundo André Pessoa, dono da Agroconsult. Segundo ele, 'vemos de tudo, de produtores brasileiros que buscam aumentar as áreas de plantio a grandes grupos internacionais do agronegócio'. Conforme informa a Consultoria Agra FNP, nos últimos 36 meses (de maio/junho de 2007 a março/abril de 2010), a valorização média das terras no Amapá, por exemplo, foi de 117,9%. No Piauí a alta chegou a 70,1% - nos dois casos não foi descontada a inflação.

fonte: Globo Rural

Para sair ganhando nessa concorrência, o importante é sair na frente para mapear as melhores oportunidades, que conjuguem preço baixo do ativo, alta produtividade e boa logística na distribuição da produção.


<< Voltar

 

COPYRIGHT © 2008 GOVERNO DE PERNAMBUCO
Av. General San Martin, 1371 - Bongi - Recife - PE - CEP: 50761-000 - PABX: (81) 3184-7200