Notcias




 

Municpios ganham 2 mil pontos de abastecimento

publicada em 14-06-2010

Até o final do ano, a zona rural de 122 municípios distribuídos entre o Sertão e Agreste de Pernambuco receberão dois mil novos pontos de abastecimento d’água para atender cerca de 400 famílias através do Programa de Fortalecimento da Estrutura Hídrica Rural de Pernambuco. A iniciativa, que custará R$ 40 milhões, viabilizados pela União e Governo do Estado, está sendo feita pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco e será executada pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) em parceria com as prefeituras municipais. De imediato, estão sendo instalados 500 poços artesianos que foram perfurados mas não tinham instalações para operar.

Outros 500 poços começaram a ser recuperados, 500 serão perfurados e instalados e mais 500 novos poços amazonas construídos. Também serão construídas 227 barragens de pequeno porte, recuperados e instalados 50 dessalinizadores e implantados 50 sistemas simplificados de abastecimento d’água. O secretário estadual de Agricultura, Ranilson Ramos, colocou como prioridade a questão hídrica do Estado devido ao agravamento da estiagem no Sertão e Agreste pernambucanos.

A iniciativa para a implantação do programa foi tomada depois que foram realizadas audiências públicas em 56 municípios do Sertão do Estado - uma em Ouricuri e outra em Serra Talhada. A proposta é ouvir demandas e sugestões dos municípios sertanejos com a participação de prefeitos, representantes de sindicatos, associações rurais, conselhos municipais e lideranças locais. Cerca de 50 municípios já foram visitados. “Escutamos as lideranças locais para levantar quais são as demandas prioritárias, visando encontrar solução para obras que, em muitos casos, são de pequenos valor, mas de grande importância para a comunidade”, avalia o secretário.

De acordo com o presidente do IPA, Júlio Zoé, os poços amazonas servirão para atender o consumo humano e animal dessas regiões. “Nosso papel está sendo ir até os municípios para identificar os locais onde os poços devem ser perfurados, instalados ou recuperados. Feito isso, as prefeituras dos municípios contratam pessoas da localidade, os chamados cacimbeiros, para executar os serviços. Nossa meta é concluir tudo até dezembro, mas também dependeremos da celeridade das prefeituras”, declarou.
 
Fonte: Folha de Pernambuco

<< Voltar

 

COPYRIGHT © 2008 GOVERNO DE PERNAMBUCO
Av. General San Martin, 1371 - Bongi - Recife - PE - CEP: 50761-000 - PABX: (81) 3184-7200