Notcias




 

IPA investe na melhoria da atividade apcola da Chapada do Araripe

publicada em 16-08-2010

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), em parceria com a Associação de Apicultores de Moreilândia (Apim), no Sertão do Araripe, está desenvolvendo um projeto de melhoria da produtividade da atividade apícola na região. Para isso, técnicos do escritório do IPA no município instalaram um centro de seleção genética voltado à produção de enxames e rainhas. O programa contempla, ainda, o levantamento da flora apícola local, condição básica para o incremento da produção de mel e derivados.

De acordo com o extensionista do IPA no município de Moreilândia, omega replica watches ael Francisco dos Santos, a apicultura ainda é uma atividade muito recente na região, com aproximadamente dez anos. Além disso, os apiários estão quase que totalmente concentrada em áreas da Chapada do Araripe. “Apesar de já contar com cerca de duas mil colmeias e com uma associação de apicultores, a atividade esbarra na baixa linhagem das abelhas e na má localização dos apiários, o que restringe a produção”, destacou, Santos.

O crescimento e a profissionalização da atividade no município, segundo o também extensionista do IPA no município, Cícero Geraldo Galvão, passa necessariamente pela melhoria da qualidade dos enxames, por meio da produção e manejo das rainhas, e da identificação das espécies de plantas nativas e dos recursos florais utilizados pelas abelhas. “Os enxames estão sendo selecionados a partir de doações dos próprios apicultores, levando-se em consideração aqueles com melhores qualidades de produção e a distância entre os apiários, o que favorece a divisão cruzada e, consequentemente, a obtenção de enxames mais fortes.

Até o momento, os técnicos do IPA na região já selecionaram 18 enxames considerados de qualidade superior, o que possibilitou a obtenção de abelhas rainhas mais produtivas. Também foram identificadas e catalogadas, na área da chapada, inúmeras espécies da flora local frequentemente visitadas pelas abelhas, a exemplo do cipó uva, carrasco preto, ervanço de bola e pau d’óleo. Já na área de caatinga, mereceram destaque a jetirana da flor branca, angico, violeta perpétua, marmeleiro e bamburrá.

Os primeiros resultados apontam para a continuidade dos trabalhos em maior escala, possibilitando a ampliação de apicultores beneficiados e a introdução de rainhas novas e de boa linhagem na região.  


<< Voltar

 

COPYRIGHT © 2008 GOVERNO DE PERNAMBUCO
Av. General San Martin, 1371 - Bongi - Recife - PE - CEP: 50761-000 - PABX: (81) 3184-7200