02 de dezembro de 2016

Academia Pernambucana de Ciências Agronômicas empossa novos imortais

Em solenidade realizada, na manhã desta sexta-feira (02), no Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), tomaram posse quatro novos imortais da Academia Pernambucana de Ciências Agronômicas (APCA), entre eles, dois membros são engenheiros agronômicos do IPA, o presidente, Gabriel Alves Maciel, e o pesquisador Antonio Félix da Costa. O evento, que foi coordenado pelo presidente da APCA, Leonardo Sampaio, também empossou José Roberto Tavares de Lima e Roberto Gilson.

 

Para Sampaio, a primeira grande contribuição dos novos integrantes é a renovação da Academia. Além disso, a nossa maior responsabilidade é preservar a memória agronômica e contribuir para a ciência mundial, destacou. De acordo com o presidente, não se pode esquecer que uma das conquistas do homem foi sua capacidade de melhorar a alimentação.

 

O presidente do IPA, Gabriel Maciel, ressaltou que estava emocionado em assumir o posto numa cadeira da Academia. Após 42 anos de IPA, onde entrei aqui ainda como estagiário, é uma alegria muito grande encerrar minha carreira como presidente desse Instituto e, principalmente, receber a honra de hoje me tornar membro da Academia Pernambucana diante de tantos colegas e amigos, declarou. Na ocasião, o acadêmico Antonio Félix da Costa prestou o juramento acompanhado pelos demais colegas que tomavam posse.

 

O evento contou com a presença dos diretores do IPA Antonio Raimundo e Albérico Rocha, do superintendente Daniel Saboya, familiares dos novos membros da APCA e diversos acadêmicos das ciências agronômicas. Durante a solenidade, as vítimas da tragédia chapecoense foram lembradas e os presentes prestaram homenagem dedicando um minuto de silêncio.