18 de agosto de 2017

Trichoderma abre novas perspectivas para agricultura

Entre os dias 7e 11 de agosto, foi realizado pelo Cetene um curso sobre Trichoderma, em parceria com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e o Instituto Biológico, voltado para estudantes e pesquisadores interessados pelo assunto.

Diante do contexto de produção de alimentos no Brasil, em que o uso de agrotóxicos é feito de maneira indiscriminada, colocando em risco a saúde dos consumidores e até mesmo dos produtores, a busca de alternativas saudáveis e eficazes na aceleração do ciclo da planta se faz urgente.

Com esse quadro, o curso priorizou novas metodologias de isolamento, seleção e produção dos fungos do gênero Trichoderma, evidenciando os aspectos gerais e o uso agrícola. Esses fungos são agentes biológicos com potencial comprovado no controle de pragas e doenças e também como promotores do crescimento vegetal.

A formação foi conduzida pelas pesquisadoras do Insituto Biológico, Cleusa Lucon e Patrícia Haddad, especialistas na temática.

Com informações do site do Cetene

Fonte: Núcleo de Comunicação do IPA