27 de outubro de 2017

Diretor de Pesquisa do IPA visita áreas experimentais da palma forrageira em Ibimirim

O diretor de Pesquisa do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Antônio Raimundo, visitou, na terça-feira (24), as áreas experimentais da palma forrageira no Centro de Produção e Comercialização, de Ibimirim. Ele foi acompanhado pelo supervisor da unidade, Antônio Carlos, e pelos pesquisadores, Djalma Cordeiro e Sérvulo Siqueira.

O IPA vem conduzindo trabalhos com a palma forrageira, sob complementação hídrica, desde 2011. No momento está sendo estudado o seu comportamento em diferentes evapotranspirações, sistemas de irrigação localizada, turnos de rega e horários de irrigação em três variedades resistentes a cochonilha do carmim.

Para Antônio Raimundo, o IPA é a grande referência nacional em estudos com a cultura da palma forrageira e, não distante, sempre promove ou participa de trabalhos técnicos-científicos, buscando a inovação tecnológicas para a cultura, como é o caso de se estudar o manejo para a palma forrageira sob complementação hídrica.

 “A palma forrageira é uma cultura estratégica para as condições de semiárido, permitindo aos criadores atravessar os longos períodos de estiagens com mais segurança alimentar para os rebanhos”, enfatizou Djalma Cordeiro. Já a técnica de irrigação localizada aplicada a cultura, visa o aumento da produção com aplicação mínima e eficiente da água. “Essas águas muitas vezes se encontram subutilizadas nas propriedades e/ou são impróprias para o consumo humano e de animais”, pontuou Sérvulo Siqueira.

Fonte: Núcleo de Comunicação do IPA