05 de dezembro de 2017

Extensionista e Pesquisador do IPA recebem homenagem da Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados realizou Sessão Solene em homenagem ao Dia Nacional do Extensionista Rural, que celebra 69 anos em 2017, na manhã desta segunda-feira (04), no plenário Ulysses Guimarães, em Brasília.

A iniciativa foi do Deputado Federal, Zé Silva, presidente da Frente Parlamentar de Assistência Técnica e Extensão Rural, em parceria com a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural - Anater, a Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural - Asbraer e a Federação dos Trabalhadores da Assistência Técnica e Extensão Rural - Faser. 

No evento, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) foi representando pelo Diretor de Ater e extensionista Albérico Rocha, pelo pesquisador, Gabriel Maciel e pela extensionista Silvana Lemos.

Na ocasião , Gabriel Maciel foi homenageado com a placa Mérito Ater, pelo seu comprometimento, profissionalismo e dedicação em prol da Ater. Para Gabriel, a extensão rural presta um importante serviço no meio rural e esta homenagem é dedicada a cada um , que junto com ele  tornou possível uma gestão compartilhada e um avanço da extensão rural em Pernambuco.

A extensionista, Silvana Lemos, foi homenageada com a comenda Extensionista Destaque 2017.  Para Silvana, a indicação foi uma grata surpresa e destacou: “ o prêmio é dos/as Extensionistas de Pernambuco, que escrevem a cada dia sua história na extensão rural em prol da agricultura familiar e de um rural mais digno e justo, e lutam pelo direito à terra, pela distribuição de renda, pela inserção da agroecologia como princípio metodológico e pelo acesso de todos e todas às inovações tecnológicas. O prêmio foi entregue a extensionistas de todo o País que prestaram relevantes serviços à extensão rural dos seus estados.

Extensão rural brasileira – O serviço de Ater teve início, em 1930 em Minas Gerais,  quando foi realizada a Primeira Semana do Fazendeiro, já a primeira experiência extensionista no campo, ocorreu, em  1948. Atualmente o serviço é oferecido  há  cerca de 5.359 municípios, e  conta com  a atuação diária de 16 mil extensionistas, que compartilham  aos e as agricultores/as familiares de todo país, conhecimentos sociais e tecnológicos, além de apoiar no acesso destes as diversas politicas públicas, que contribuem para o aumento da produção e renda, além da inclusão social e política, propiciando melhores  condições de vida do meio rural brasileiro.

Fonte: Núcleo de Comunicação do IPA