06 de fevereiro de 2019

Agricultores do Agreste começam a fornecer alimento para merenda escolar de Caruaru

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) elaborou sete propostas para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), totalizando R$ 1.837.580,73, beneficiando 194 famílias de agricultores de base familiar, de cinco associações e mais dois grupos informais. O projeto foi executado pelos técnicos do Escritório de Caruaru, Anísio Severino de Oliveira Junior e José Carlos do Nascimento. Nesta terça-feira (06), os representantes das entidades assinaram o contrato para o ano de 2019, na sala da comissão de licitação da Prefeitura de Caruaru.

As entidades são das localidades de Sítio Carneirinho, Sítio Baixio de Itaúna, Sítio Poços, Sítio Reinado, Sítio Malhada de Barreiras Queimadas, Sítio Serra Velha, Sitio Gruta Funda, Sítio Malhada de Pedra, Sítio Peladas, Sítios Taquara de São Pedro, Sítio Muricy, Sítio Serra dos Cavalos, Sítio Pau Santo, Agreste de Pau Santo, Brejo das Palmeiras, Veado magro, Riacho da Palha entre outros. Nos estabelecimentos são produzidos e comercializados abacaxi, polpa de acerola, goiaba e maracujá, goiaba in natura, galinha caipira, frango de corte, carne bovina, ovina e caprina, melancia, abóbora, alface, coentro, abobrinha, banana prata, banana comprida, beterraba, batata doce, tomate, cenoura, chuchu, cebolinha, laranja, couve folha, limão, macaxeira, pimentão, milho verde, pepino, entre outros

Desde de 2009, o IPA articula a viabilização dos projetos de comercialização para a merenda local da capital do Agreste pernambucano, elaborando projetos de venda dos produtos da agricultura familiar para atender ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Educação.

 

 

Fonte: Núcleo de Comunicação do IPA