28 de janeiro de 2020

Recursos Hídricos do IPA avaliam barragens em Terra Nova e Cabrobó

O engenheiro civil do Instituto Agronômico de Pernambuco, Oswaldo Janot, realizou na quarta-feira (22) e na quinta (23), uma visita técnica de reconhecimento em algumas barragens na extensão do Riacho Terra Nova. A visita foi uma demanda dos agricultores da região para averiguar a situação atual das barragens localizadas entre os dois municípios sertanejos. São nove barragens, entre elas; Barragem Curralinho, Barragem Estoque, Barragem Vital Sampaio e Barragem Umari, elas ficam em aproximadamente 60 quilômetros de extensão, tendo a barragem de Nilo Coelho como a principal da região de Terra Nova.

O acompanhamento foi realizado em parceria com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) de Cabrobó. Entende-se que a capacidade produtiva em torno das barragens pode elevar Cabrobó e cidades circunvizinhas, a uma produção mais diversificada e pontecializada. O objetivo é levantar informações que auxiliem a elaboração de projeto para revitalização das barragens existentes e analisar as possibilidades de construção de outras no leito do Riacho de Terra Nova. Se implementado, o projeto de revitalização possibilitaria que as calhas do rio fiquem cheias facilitando e potencializando a produção da agricultura familiar na região. 

O projeto que poderá viabilizar a perenizarão das barragens sertanejas potencializará a agricultura familiar dos municípios, a entrada de novos recursos e melhor desenvolvimento econômico na região. Questões relativas ao abastecimento e à perenização da Barragem Nilo Coelho, situada no município de Terra Nova já foram debatidas em audiência pública na Assembleia Legislativa de Pernambuco. A atividade está integrada com as ações do governo do estado para potencializar a utilização das águas do Programa de Integração do São Francisco (PISF), coordenadas pela SEINFRA/APAC.

A diretoria de Recursos Hídricos do Instituto Agronômico pretende aprimorar os conhecimentos dos agricultores para utilização eficiente da água, através de cursos, palestras e intercâmbios sobre melhoria do manejo das águas nas propriedades e das tecnologias de irrigação.

O IPA também está contribuindo na região através da realização do cadastro de todos os usuários da calha do Riacho Terrra Nova. Esse processo permitirá uma maior aproximação com as famílias, sendo necessário que o uso da água seja feita de forma criteriosa e tecnificada. Portanto, existe um limite concreto da quantidade de água a ser utilizada nesse processo. Alem disso, atualmente a questão do manejo das águas pressupõe que se trata de um elemento cada vez mais escasso, limitado e precioso para a qualidade de vida e alavancar o desenvolvimento rural.

A Barragem Nilo Coelho é uma das maiores do Sertão de Pernambuco, com 22 milhões de m³ de capacidade. As águas dos riachos, córregos e açudes que abastecem o reservatório são utilizadas tanto para o consumo humano quanto para o uso da irrigação. A esperança dos moradores de Terra Nova é de que a Barragem seja abastecida permanentemente com água da transposição, com isso acabaria com os eventuais problemas causados pela falta d’água em períodos de seca. Outra situação deve ser objeto de discussão na Audiência Pública é a perenização do Riacho Grande.

Fonte: Núcleo de Comunicação