31 de dezembro de 2020

Diretoria do IPA realiza reunião de avaliação das ações de 2020

As ações realizadas em 2020 pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), foram apresentadas na manhã de ontem, na sede do órgão. A reunião contou com a participação do presidente Reginaldo Alves, dos diretores de Pesquisa, Extensão Rural e Recursos Hídricos e Administração e finanças.
 
O diretor de Pesquisa, Gabriel Maciel, destacou as atividades potenciais das 12 estações experimentais do IPA, ressaltando a produção de mandioca, milho e feijão e soja. Assim como a genética bovina, a produção de leite. A produção de sementes de milho, feijão, cebola e tomate; e a produção de cebola, tomate para geração de receita.
 
Como principais resultados de pesquisa do IPA, o diretor destacou a biofábrica de plantas – com a produção de mudas in vitro, de qualidade superior, de culturas como as de banana, abacaxi, morango, palma forrageira, cana-de-açúcar; entre outras, e o atendimento ao agricultor com assistência técnica feita diretamente por pesquisadores nas áreas de fruticultura, hortaliças, sorgo, mandioca, produção e reprodução animal (produção de sêmen, tourinhos e embriões).
 
A rede de laboratórios que presta os mais diferentes serviços à sociedade, desde a análise de solos e de sementes, qualidade de água para irrigação, análise de plantas para alimentação animal, de identificação botânica, de identificação de doenças e pragas de plantas; de produção de controladores biológicos evitando o uso de defensivos químicos no ambiente, dentre outros serviços; também fizeram parte do levantamento anual de Gabriel Maciel.
 
“As pesquisas sobre manejo, alimentação, sanidade, forrageiras, reprodução e, sobretudo, melhoramento genético do gado holandês realizadas na Estação Experimental de São Bento do Una ensejaram a criação das bacias leiteiras de Pernambuco e de Alagoas, que continuam sendo apoiadas pelo IPA por meio de novos resultados de pesquisa, disponibilização de sêmen, embriões, matrizes e reprodutores de alta linhagem, novos materiais forrageiros, sobretudo de palma forrageira e algumas gramíneas que ensejam a inovação dos sistemas de produção”, completa o diretor de Pesquisa do IPA.
 
A Diretoria de Extensão Rural apresentou os resultados das ações de desenvolvimento, social; convenio Incra - SR 29; PAA doação simultânea; Projeto Dom Helder Câmara, médio produtor; emissão de DAP, Programa Garantia Safra: Programa Sementes; ACT - Acordo de Cooperação Técnica, ações em Fernando de Noronha; Capacitações e Ações de enfrentamento à Pandemia.
 
No PAA com Doação Simultânea, foram 4.102 agricultores beneficiados, 705 entidades beneficiadas 108 municipios. Ao todo foram 3.299.192.77kg adquiridos e doados: A proposta foi executada entre os meses de março de 2019 à junho de 2020.
 
Novo Contrato PAA, o total de agricultores cadastrados é de 2.983. São 666 entidades 666 cadastradas; 117 municípios a serão beneficiados. A proposta com previsão de execução até junho 2021, passível de prorrogação mediante necessidade da unidade executora (IPA). Aquisições e doações iniciadas em novembro de 2020.
 
Já as Unidades de Referência do Programa Dom Helder foram planejadas em 58 municípios. Foram UR's concluídas (infraestrutura): 23 - Investimento: R$ 165.038,32 UR's em execução: 11 - Investimento: R$ 154.619,25 - UR's aguardando orçamentos: 24 Valor - total liberado: R$ 310.657,57
 
Principais intervenções: Construção de cisterna, aprisco, pequenas barragens e poço para irrigação de hortaliças: Unidades demonstrativa de palma: Sistema de produção com energia solar, Apoio à produção de hortaliças, produção de leite e queijo, ovinocultura, pocilga, galinha caipira, beneficiamento do mel, criação de peixe em tanque escavado: Aquisição de equipamentos/materiais para apoio às atividades produtivas: ordenhadeira, prensa de queijo, ensiladeira, motor, sistema de irrigação, materiais para instalação de poço, caixa d'água, pequenos animais.
 
Principais resultados: Aumento de renda das famílias, novas perspectivas de renda; melhoria na qualidade de vida dos agricultores; contribuição na perspectiva social e educação das famílias (encaminhamento de uma jovem para o curso de agroecologia do SERTA, melhoria das condições da saúde de uma agricultora idosa que estava em depressão, autoestima
 
Ações de capacitações estão no foco constante dos serviços de ATER por meio de ações educativas não formais, de caráter continuo com a utilização de metodologias participativas: oficinas, encontros, dias de campo, intercâmbios, entre outras, com ênfase aos aspectos técnicos, sociais e ambientais, para o desenvolvimento local sustentável. Em 2020, foram 231 cursos e oficinas no Estado. Participação de mais de 220 profissionais no VII Seminário Rural de Pernambuco Tema: Ater Pública - novos tempos e novas desafios. Cinco lives com técnicos e agricultores, destacando a Ater Pública, com média de participação por live de 50.  
 
No planejamento para 2021, a Extensão Rural, ressaltou de alternativas de Manejo da Caprinovinocultura com foco na Agricultura Familiar em Transição Agroecológica Curso Online - Gestão Estratégica da Agricultura Familiar para Acessos a Mercado; o implantação de Unidade de Referência sobre Agrofloresta em Abreu e Lima para 25 técnicos.
 
Sobre o Selo Arte, 5 veterinários do IPA visitaram in loco para orientações e recomendações técnicas a um grupo de fornecedores de leite do agreste pernambucano; Cidades: Venturosa, Pedra, Pesqueira, Jupi e Garanhuns. Foram 64 visitas. Após os 90 dias, verificamos os seguintes resultados evolutivos: Produtor passou a ter visita periódica de veterinário do IPA fazendo as orientações necessárias.
 
ATER em Fernando de Noronha - Foram implantados 94 quintais produtivos; durante a pandemia para a produção de alimentos básicos nos quintais;  elaboração de projeto técnico para a construção de uma fábrica de gelo (tipo escamas) com produção diária de 6 toneladas - R$ 300 mil - ADDIPER; Inserção de Fernando de Noronha no PAA - R$ 130 mil; Criação de disciplina eletiva sobre a produção sustentável de alimentos, segurança alimentar e ambiental, para os alunos no ultimo ano do ensin médio.
 
AÇÕES DE ENFRETAMENTO À PANDEMIA DO COVID-19 - Produção de materiais educacionais para atendimento remoto (Card's e informativos): Apoio aos agricultores no cadastramento e recebimento do auxilio emergencial; Apoio na articulação e logistica para a distribuição de kits de alimentação realizados por prefeituras e governo do estado:
 
Apoio na confecção e distribuição de máscaras caseiras: • Cadastramento de comunidades rurais na Plataforma de Planejamento das áreas de saneamento e abastecimento de água; Parcerias com municípios para viabilizar a inserção dos agricultores familiares no Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE. Programa emergencial para a produção sustentável de alimentos em Fernando de Noronha:
 
Parceria com a SEMAS para a inserção pesca artesanal litorânea (atingida pela crise o derramamento do óleo) nos mercados institucionais (PAA, PNAE e PAAF).
 
O relatório apresentado por Adriano Coutinho do Departamento de Captação de Águas – DECA, mostrou a realização de 280 perfurações de poços artesianos em 13 municípios do Sertão de Pernambuco. O engenheiro civil, Osvaldo Janot, do Departamento de Engenharia Rural- DEPE, ressaltou A construção, recuperação e desassoreamento de 67 barreiros, objeto de emendas parlamentares em Serra Talhada, São José do Belmonte, Ibimirim Itacuru ba, Tacaratu, Camaubeira da Penha, Trindade, Buique, Santa M da Boa Vis ta Petrolandia, Belém do São Francisco Jatoba, Nazaré da Mata, Chã de Alegria e Vicência.
 
Ainda foi destacado o projeto, acompanhamento e fiscalização da Requalificação do matadouro de Rajada, em Petrolina, o anteprojeto do sistema de abastecimento em assentamento Quilombola Severo, em Sertânia. E ainda a locação para construção de nove barreiros no sítio Lages em Caruaru.
 
Além dos projetos de barragem mecanizada de Alminhas em Parnamirim, e no sítio Lagoas em Dormentes, assim como o Projeto Básico de licitação para ampliação de salas no abatedouro de Rajada. A diretoria de Recursos Hídricos já apresentou uma relação dos poços a ser perfurados em 2021 pelo (IPA), em todas as regiões do estado. O assistente de diretoria José Valter de Lavor destacou os serviços executados e planejamento de emendas parlamentares na Diretoria de Recursos Hídricos.
 
O diretor de administração e finanças – DAF, Ruy Ramos Júnior, detalhou que o IPA encerra 2020 com a gestão financeira sob controle, considerando às condições orçamentárias impostas pela Pandemia da COVID-19.
 

Fonte: Núcleo de Comunicação