24 de novembro de 2021

Curso sobre sacharina em Chã de Alegria explica passo a passo do processo da forragem

Teve início nessa terça-feira (23), em Chã de Alegria o curso sobre sacharina rústica da cana-de-açucar na alimentação de ruminantes. A abertura da capacitação contou com o prefeito Tarcísio Massena que destacou a importância do curso para os agricultores familiares da região. O pesquisador do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Nildo Tabosa e o agrônomo Jorge Tavares demonstraram na prática o processamento picagem do material da cana-de-açucar.

Durante o curso foi explicado na prática o processo de  conservação da forragem sob a forma de silagem. Agricultores dos municípios de Glória do Goitá e Chã de Alegria participaram da capacitação. A medida que a exploração pecuária se torna mais tecnificada, a procura de melhores índices zootécnicos e rentabilidade econômica tem levado um grande número de criadores de gado de leite e de corte em confinamento a adotarem sistematicamente esta prática.

O curso foi realizado pelo Departamento de Educação e Metodologia de Extensão Rural (DEEM) do Instituto Agronômico de Pernambuco com o apoio da Prefeitura de Chã de Alegria.  Os técnicos agrícolas de Glória do Goitá, Manoel Massena e Jorge Tavares  e de  Chã de Alegria César Miguel, destacaram os trabalhos realizados nos municípios ressaltando o incentivo aos agricultores sobre a sacharina.

A Sacharina é um alimento energético protéico obtido através de fermentação aeróbica em estado sólido, que é utilizando como matéria prima o colmo integral da cana-de-açúcar, desprovido de palha e ponta. Pode ser utilizado o colmo do sorgo sacarino na ração do gado de corte e de leite.

A tecnologia para a produção de "Sacharina" da cana-de-açúcar como alimento animal foi, inicialmente, desenvolvida por pesquisadores do Instituto de Ciência Animal da República de Cuba (ICA) e adaptada pelo Instituto Agronômico de Pernambuco, visando atender às condições locais. A "Sacharina" obtida do sorgo sacarino é uma tecnologia do IPA e vem sendo desenvolvida desde 1988.

A cana-de-açúcar é uma cultura que ocupa grandes áreas no Brasil e está distribuída em todas as regiões mais quentes, está presente em praticamente todas as propriedades, e pode ser utilizada como recurso alimentar na época de seca pelo fato de atingir sua manutenção.

Fonte: Núcleo de Comunicação